Pelos Jardins de Gaia

Certo dia, saí a caminhar pelas ruas da cidade. A vida parecia se espreguiçar naquela tarde ensolarada. Seguia já distante de casa, quando ouvi uma algazarra de crianças ao longe. O alvoroço aumentava à medida que me aproximava do pátio de um jardim de infância. Crianças gritavam enquanto se moviam freneticamente, em um incessante subir…

Há Muros que se Chamam Amor

Há muros que separam, constrangem, delineiam divisas e limites, mas há também aqueles, com a altura de nosso peito, que convidam a uma boa conversa, entremeada de risos fartos ou, por vezes, lamentos tristes também. Foram em conversas assim, junto ao muro que margeia o prédio onde resido e a casa de meus vizinhos, que…

Impressões sobre Amor e Consciência

Um pinheiro cresce solitário na escarpa de uma alta montanha. Um silêncio inesperado arrebata o seio de uma floresta. Aves planam graciosamente, deixando-se levar pelas correntes de um ar que ascende. Um rochedo imperturbável guarda as marés à beira de um mar. Há luz, há consciência em todas as formas criadas — vida é consciência…

Uma Macieira à Beira de um Pequeno Lago

“Não sou uma singularidade, sou multiplicidade.” Esse pensamento e a imagem de uma macieira carregada de frutos à beira de um pequeno lago se tornaram recorrentes esta semana, depois do último encontro no grupo InStory Way, fazendo-me companhia em breves lampejos, enquanto escovava os dentes, lavava a louça na cozinha ou caminhava pelas ruas da…

No Que Acredito

Sinceramente, eu acredito que estamos aqui para lembrar quem nós verdadeiramente somos. Viver, para mim, não é um processo de cura, mas um processo de relembrança. Acostumamo-nos a usar a palavra “cura” tão profusamente porque esquecemos a essência do simples viver, do simples ser. Eu acredito que estes são tempos para lembrar que nossa alma…

Abrindo as Portas

Cedo esta manhã, acordei vagando em pensamentos de curas e vazios, até a tristeza chegar, chamando por mim. Meu espírito estava lá, na expectativa de um olhar e um sorriso. "Olá, querido Espírito, tudo o eu preciso saber me é revelado." Então senti um arrepio percorrer meu corpo, como as lágrimas rolando em minha face,…

O Anjo e a Semente

A experiência no trem, o dourado no céu, as pessoas, a infinita diversidade ainda reverberavam leves e sutis em meu coração, em cada célula de meu corpo, e ampliavam as planícies dentro de mim, alumiando o solo numa sensação de me expandir num horizonte luminoso de possibilidades. Foi então que, num bater de asas, conheci…

A Luz Dourada

Mais uma vez eu embarcava no trem, era daqueles antigos, com ventiladores no teto sempre a dar o tom à rotina das pessoas, suas conversas, suas inquietações, seus silêncios. Sentei-me à janela que algum passageiro anterior havia aberto o suficiente a convidar o ar primaveril a viajar. Então, lembrei de uns mantras que havia guardado…