O Despertar

INTRODUÇÃO Os ventos de setembro trouxeram a chuva, regando a terra, lavando os telhados e minha alma também, e, junto com o canto dos pássaros e os brotos na relva, minha querida criança retornou. Meu coração se encheu de alegria, pois era eu, retornando ao lar. Minha criança interior chegou me despertando em lampejos, pedindo…

My heart leaps up when I behold  A rainbow in the sky: So was it when my life began; So is it now I am a man; So be it when I shall grow old, Or let me die! The Child is father of the Man; I could wish my days to be Bound each…

Ao Pôr do Sol

O inverno anunciava sua despedida e eu contemplava o Sol escondendo-se mansamente atrás das montanhas, pintando o céu e as nuvens acinzentadas com lilases e tons de rosa. Subitamente, em um tênue instante, tive a sensação de um leve mergulho na paisagem e, no olhar, a perspectiva pareceu-me ampliar-se, aprofundar-se, abraçando os telhados das casas,…

Por que razão morar nestas verdes montanhas Responde só o sorriso o coração sereno A flor de pessegueiro cai as águas seguem Entrando a um outro mundo além do meio humano "Resposta na Montanha" Li Bai Tradução de Ricardo Primo Portugal e Tan Xiao

A Física e as Madonas

Uma alma estradeira pode acabar levando a gente por caminhos inesperados. Tudo começou quando decidi explorar aquelas trilhas instigantes — uma história um tanto cabeça, diga-se de passagem — da Física Unificada. Pois não demorou e os contornos masculinos dessas trilhas foram delineando uma aproximação, um aperto de mãos subitamente radiante dos pais em mim.…

Um único raio de luz de uma estrela distante caindo sobre os olhos de um tirano em tempos passados ​​pode ter alterado o curso de sua vida, pode ter mudado o destino das nações, pode ter transformado a superfície do globo, tão intrincados, tão inconcebivelmente complexos são os processos da Natureza. De maneira alguma podemos…

Memória Bailarina

Talvez a idade tenha relação com o que vou escrever, e sendo assim, acompanhando essa nova perspectiva, há pouco tempo percebi um deslocamento em meu olhar. Comecei a sentir um contentamento sempre que me voltava para trás. Normalmente acontecia em momentos difíceis, desses quando a gente não sabe muito bem como sair ou ficar. Então,…

Mar sonoro, mar sem fundo, mar sem fim. A tua beleza aumenta quando estamos sós E tão fundo intimamente a tua voz Segue o mais secreto bailar do meu sonho Que momentos há em que eu suponho Seres um milagre criado só para mim. "Mar Sonoro", Sophia de Mello Breyner Andersen

Uma Pandorga

Uma pandorga. Uma simples pandorga. Talvez eu aprenda a fazer uma pandorga. Talvez eu aprenda com uma criança a fazer uma pandorga. Talvez a gente desenhe e pinte na pandorga o que só ela e os passarinhos vêem lá de cima, lá do céu. Talvez a gente escreva um pedido ou um desejo, uma esperança,…

No mistério Sem-Fim equilibra-se um planeta. E, no planeta, um jardim, e, no jardim, um canteiro; no canteiro, uma violeta, e, sobre ela, um dia inteiro, entre o planeta e o Sem-Fim, a asa de uma borboleta. "No Mistério do Sem-Fim", Cecília Meireles